O projeto setorial Pet Brasil é fruto da parceria entre o Instituto Pet Brasil e a Apex-Brasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, órgão vinculado ao governo federal. A iniciativa auxilia e orienta empresas que queiram exportar seus produtos, sejam elas iniciantes, já exportadoras ou internacionalizadas.

Paralelamente, o projeto busca divulgar no mercado internacional o potencial da indústria brasileira, que se alinha cada vez mais às demandas dos principais mercados mundo afora.

Instituto Pet Brasil

Criado em 2013, o Instituto Pet Brasil agrega todo o setor voltado a animais de estimação, desde o segmento especializado, os pets shops, até prestadores de serviços, passando pelos criadouros e clínicas veterinárias, além das companhias que desenvolvem e comercializam acessórios, medicamentos, produtos de higiene pessoal, beleza e bem-estar para os nossos melhores amigos.

O Instituto promove e fortalece a relação entre seres humanos e animais de estimação, pois seus integrantes entendem que essa interação é benéfica para toda a sociedade.

Por meio de projetos de fomento ao conhecimento, empreendedorismo, sustentabilidade e inovação, o Instituto estimula a convivência harmoniosa e sustentável entre os principais atores do setor pet, incluindo, além da cadeia produtiva, governo, academia e entidades do terceiro setor. Tudo no intuito de tornar o Brasil uma referência em gestão, políticas públicas inovadoras e exportação de produtos e serviços para animais de estimação.

Conheça mais sobre o Instituto Pet Brasil no site www.institutopetbrasil.com.

Apex-Brasil

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) tem a missão de promover as exportações de produtos e serviços brasileiros, contribuir para a internacionalização das empresas brasileiras e atrair investimentos estrangeiros para o Brasil.

A Apex-Brasil atendeu de 2014 a 2018 aproximadamente 30 mil empresas de todos os portes, especialmente pequenas e médias. As exportações das empresas apoiadas somaram cerca de US$ 280 bilhões nesse período, respondendo anualmente por aproximadamente 25% do total exportado pelo Brasil.

Por meio de iniciativas realizadas em parceria com entidades setoriais, a Agência organiza ações de promoção comercial, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais e visitas de compradores estrangeiros e de formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira. Também produz estudos de inteligência comercial e competitiva com o objetivo de orientar as decisões das empresas nacionais sobre o ingresso em mercados internacionais.

O momento é agora!

Globalmente, o setor movimenta US$ 124,6 bilhões e você pode fazer parte desse mercado. Ao mesmo tempo em que novos produtos são criados para conquistar compradores estrangeiros, atendendo a requisitos e a padrões de qualidade, os lançamentos aquecem a indústria nacional.

Outras empresas passam também a buscar inovação para desenvolver soluções mais inteligentes para seus clientes. Um quadro otimista que incentiva cada vez mais empresas a buscarem mercados fora do país

Temos escala e qualidade para crescer muito mais.

O Brasil é o segundo maior mercado do mundo para produtos voltados aos animais de estimação, atrás de Estados Unidos (40%), e representa atualmente 5% desse market share, na frente do Reino Unido – que representa 4,9% – e da Alemanha, que representa os mesmos 4,9%. Mas nosso potencial é tamanho que o setor já chegou a ser 0,36% do PIB nacional em 2018 – número superior àqueles dos componentes elétricos, eletrônicos e da automação industrial.

A participação no PS Pet Brasil é um benefício oferecido aos membros do Instituto Pet Brasil (IPB). Para participar é simples! As empresas devem preencher o Termo de Adesão (que pode ser acessado no link abaixo), enviar via assinada pelo correios e atender às seguintes condições:

  • A empresa deve criar, fabricar/desenvolver produtos e/ou serviços para animais de estimação no território brasileiro.
  • A atividade econômica deve enquadrar-se em algum dos segmentos listados pelo PS Pet Brasil, são eles: pet food (alimento completo e suplementos), pet care (higiene, beleza, equipamentos e utilidades), pet vet (medicamentos), animais vivos e serviços.
  • A empresa deve estar em situação regular junto à Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e em dia com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), além de se comprometer a encaminhar as certidões negativas, quando solicitadas pela gerência do PSI.
  • A adesão ao PS Pet Brasil se dará por meio de assinatura de Termo de Adesão e ciência das condições de participação no projeto, para as empresas já membro do IPB. As empresas não são membro à entidade podem fazer seu cadastro, concomitante à adesão ao programa.
  • O programa conta com um Comitê Gestor formado por representantes dos seguintes segmentos: pet food, pet care, pet vet, animais vivos e serviços. O objetivo do comitê é auxiliar a gestão do PS PET BRASIL.
    • Os representantes do Comitê Gestor serão indicados pelo IPB e submetidos à apreciação da Apex-Brasil;
    • O Comitê Gestor será mantido durante a vigência de cada convênio firmado.
EU QUERO PARTICIPAR!
Instituto Pet Brasil

Instituto Pet Brasil

Criado em 2013, o Instituto Pet Brasil agrega todo o setor voltado a animais de estimação, desde o segmento especializado, os pets shops, até prestadores de serviços, passando pelos criadouros e clínicas veterinárias, além das companhias que desenvolvem e comercializam acessórios, medicamentos, produtos de higiene pessoal, beleza e bem-estar para os nossos melhores amigos.

O Instituto promove e fortalece a relação entre seres humanos e animais de estimação, pois seus integrantes entendem que essa interação é benéfica para toda a sociedade.

Por meio de projetos de fomento ao conhecimento, empreendedorismo, sustentabilidade e inovação, o Instituto estimula a convivência harmoniosa e sustentável entre os principais atores do setor pet, incluindo, além da cadeia produtiva, governo, academia e entidades do terceiro setor. Tudo no intuito de tornar o Brasil uma referência em gestão, políticas públicas inovadoras e exportação de produtos e serviços para animais de estimação.

Conheça mais sobre o Instituto Pet Brasil no site www.institutopetbrasil.com.

Apex Brasil

Apex-Brasil

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) tem a missão de promover as exportações de produtos e serviços brasileiros, contribuir para a internacionalização das empresas brasileiras e atrair investimentos estrangeiros para o Brasil.

A Apex-Brasil atendeu de 2014 a 2018 aproximadamente 30 mil empresas de todos os portes, especialmente pequenas e médias. As exportações das empresas apoiadas somaram cerca de US$ 280 bilhões nesse período, respondendo anualmente por aproximadamente 25% do total exportado pelo Brasil.

Por meio de iniciativas realizadas em parceria com entidades setoriais, a Agência organiza ações de promoção comercial, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em grandes feiras internacionais e visitas de compradores estrangeiros e de formadores de opinião para conhecer a estrutura produtiva brasileira. Também produz estudos de inteligência comercial e competitiva com o objetivo de orientar as decisões das empresas nacionais sobre o ingresso em mercados internacionais.

Benefícios

O momento é agora!

Globalmente, o setor movimenta US$ 124,6 bilhões e você pode fazer parte desse mercado. Ao mesmo tempo em que novos produtos são criados para conquistar compradores estrangeiros, atendendo a requisitos e a padrões de qualidade, os lançamentos aquecem a indústria nacional.

Outras empresas passam também a buscar inovação para desenvolver soluções mais inteligentes para seus clientes. Um quadro otimista que incentiva cada vez mais empresas a buscarem mercados fora do país

Por que exportar?

Temos escala e qualidade para crescer muito mais.

O Brasil é o segundo maior mercado do mundo para produtos voltados aos animais de estimação, atrás de Estados Unidos (40%), e representa atualmente 5% desse market share, na frente do Reino Unido – que representa 4,9% – e da Alemanha, que representa os mesmos 4,9%. Mas nosso potencial é tamanho que o setor já chegou a ser 0,36% do PIB nacional em 2018 – número superior àqueles dos componentes elétricos, eletrônicos e da automação industrial.

Participe

A participação no PS Pet Brasil é um benefício oferecido aos membros do Instituto Pet Brasil (IPB). Para participar é simples! As empresas devem preencher o Termo de Adesão (que pode ser acessado no link abaixo), enviar via assinada pelo correios e atender às seguintes condições:

  • A empresa deve criar, fabricar/desenvolver produtos e/ou serviços para animais de estimação no território brasileiro.
  • A atividade econômica deve enquadrar-se em algum dos segmentos listados pelo PS Pet Brasil, são eles: pet food (alimento completo e suplementos), pet care (higiene, beleza, equipamentos e utilidades), pet vet (medicamentos), animais vivos e serviços.
  • A empresa deve estar em situação regular junto à Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e em dia com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), além de se comprometer a encaminhar as certidões negativas, quando solicitadas pela gerência do PSI.
  • A adesão ao PS Pet Brasil se dará por meio de assinatura de Termo de Adesão e ciência das condições de participação no projeto, para as empresas já membro do IPB. As empresas não são membro à entidade podem fazer seu cadastro, concomitante à adesão ao programa.
  • O programa conta com um Comitê Gestor formado por representantes dos seguintes segmentos: pet food, pet care, pet vet, animais vivos e serviços. O objetivo do comitê é auxiliar a gestão do PS PET BRASIL.
    • Os representantes do Comitê Gestor serão indicados pelo IPB e submetidos à apreciação da Apex-Brasil;
    • O Comitê Gestor será mantido durante a vigência de cada convênio firmado.
EU QUERO PARTICIPAR!